quinta-feira, 17 de maio de 2012

A bagunça do meu quarto

Hoje fui colocar uma bolsa no meu guarda-roupa e percebi o quanto ele estava bagunçado. Na verdade, eu sabia que meu guarda-roupa -assim como todo o meu quarto- está de cabeça pra baixo. Parece que passou um furacão por aqui e eu guardei tudo de qualquer jeito depois do susto.
Hoje também começou a greve dos professores da UFPA por tempo indeterminada. Acho justo fazer uma observação sobre esse assunto: concordo com a greve dos professores a partir do momento em que eles decidem cruzar os braços para manifestar, reivindicar e/ou negociar melhores salários e condições de trabalho. Mas nem todos os professores fazem isso, alguns param apenas para viajar, resolver seus problemas pessoas, cuidar da sua vida já feita, enquanto os alunos têm seu período letivo prejudicado. Como tudo na vida, esse assunto ~polêmico~ tem dois lados. Limito a minha opinião a esse pequeno parênteses.
Então, com a greve por tempo indeterminado, minha vida na Faculdade está suspensa também por tempo indeterminado. Isso significa que eu vou ter mais tempo livre para fazer coisas ~atualizar o blog deve ser um ótimo exercício~. Mas que coisas exatamente eu vou fazer eu não sei. Melhor, não sabia até ainda agora. Como eu disse no começo, meu quarto está uma bagunça. Decidi que vou arrumá-lo.
"Que tipo de garota é essa que não arruma o quarto?" vocês devem estar pensando. Talvez você até veja ele rapidamente e diga que ele não precisa de arrumação. Mas só eu sei o que está por baixo dessa aparência de quarto, minimamente, organizado. São roupas que eu não uso mais, sapatos para consertar, textos para encadernar, livros para limpar, bolsas jogadas esquecidas no fundo do armário...
E o que o blog tem a ver com isso? Pensei em fazer algo no estilo Um ano sem Zara ou Projeto Julie/Julia, do filme Julie & Julia, e a cada decisão, arrumação ou qualquer coisa, postar aqui, tipo "A bagunça do meu quarto - dia 1 - as roupas". Que tal?
Quais as chances disso dar certo? Sinceramente, acho que mínimas. Talvez a obrigação de postar no blog me incentive, quédizê, imagino as pessoas ansiosas, esperando qual vai ser o próximo passo para eu me livrar das coisas velhas e inutilizáveis... Enfim, talvez ajude.
Quando começar? No sé. Mas creio que em breve (:

2 comentários:

Fernandz disse...

Eu apoio totalmente a ideia e estarei aqui, como leitora assídua :D

Renan Mendes disse...

Dois votos aqui.
E não se preocupe em ser uma garota com o quarto "bagunçado". És mais normal do que pensas e não é pecado, então...