quinta-feira, 4 de abril de 2013

E os nossos sonhos?

E eu que sempre sonhei em voar
Só queria sobreviver
(Quando fui Fred Astaire - Jay Vaquer)

Hoje foi a Aula Magna dos Calouros 2013 da UFPA. Cheguei na Universidade e vi um monte de carinhas felizes e cheias de sonhos. Bateu um aperto no peito. Acho que maior do que os anteriores porque está caindo a ficha que faltam apenas dois semestre para a formatura.
E passei o dia pensando, com meus botões e alguns amigos, "em que curva da vida eu fui para um lado e os meus sonhos foram para o outro?".
É engraçado como a gente se perde quando começa a crescer. E esquece de todos os nossos sonhos, desejos e vontade de mudar alguma coisa no mundo. Parece que a gente é puxado pro mundo real, se automatiza e passa a se preocupar apenas com as datas de entrega dos trabalhos, as tarefas do estágio, as provas, os professores que parecem ter saído do inferno para... infernizar as nossas vidas.
E em quantas aulas nós paramos pra prestar atenção e perceber a importância de tudo o que está sendo dito? E em quais momentos sentimos satisfação de fazer parte de um trabalho? 
Sinto falta de mim mesma, não sei se mais alguém sabe como é isso. 
E sinto falta de ter coragem de mudar o caminho, voltar para a estrada principal e buscar os sonhos que foram para o outro lado.
Será que ainda dá tempo?

Um comentário:

Renan Mendes disse...

Acho que mais que tempo, ando me perguntando se existe coragem.